Ministro dos Hidrocarbonetos do Congo elogia as reformas do Governo angolano e da Sonangol durante a Conferência AOG 2021

S.E. Bruno Jean-Richard Itoua, Ministro dos Hidrocarbonetos do Congo

Trouvez la version anglaise ici

  • S.E. Bruno Jean-Richard Itoua, Ministro dos Hidrocarbonetos do Congo, juntou-se a S.E. Diamantino Azevedo, Ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, para um debate na Conferência de excelência Angola Oil & Gas 2021, esta quinta-feira.
  • Os ministros Itoua e Azevedo discutiram a expansão da cooperação entre as duas nações produtoras de petróleo, juntamente com estratégias de promoção de investimentos.
  • O extraordinário painel ministerial deu início ao maior evento de petróleo e gás de Angola e foi moderado pelo Presidente Executivo da African Energy Chamber, NJ Ayuk.

S.E. Bruno Jean-Richard Itoua, Ministro dos Hidrocarbonetos da República do Congo, destacou durante a Conferência Angola Oil & Gas (AOG) 2021 os avanços regulamentares e técnicos feitos pelo Governo angolano; louvando os esforços liderados por S.E. Diamantino Azevedo, Ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás de Angola, para seguir uma “estratégia de referência” para o desenvolvimento do sector petrolífero do país.

Os dois ministros estiveram no palco durante o primeiro painel da Conferência de dois dias da AOG 2021, que constitui a segunda edição do maior evento energético de Angola, desenvolvido sob os auspícios do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás de Angola e organizado pela Energy Capital & Power.

O ministro congolês destacou os progressos feitos pela Sonangol na sua transição de empresa petrolífera nacional africana para uma empresa global de energia integrada. O Ministro referiu ainda o projeto Lianzi, da Chevron, na República do Congo como exemplo de um desenvolvimento transfronteiriço eficaz, no qual eficiências operacionais podem ser criadas em diferentes jurisdições.

“A cooperação entre os produtores de petróleo africanos é fundamental para garantir o crescimento contínuo dos nossos setores energéticos”, observou S.E., o Ministro Itoua.

A colaboração entre a Organização dos Produtores de Petróleo Africanos (APPO) e a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) no ajuste à transição para a energia limpa e na promoção da monetização e utilização do gás também esteve no centro do debate ministerial, excelentemente moderado pelo Presidente Executivo da African Energy Chamber, NJ Ayuk.

Share This Article

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp
Share on email
Energy Capital & Power

Energy Capital & Power

Energy Capital & Power is the African continent’s leading investment platform for the energy sector. Through a series of events, online content and investment reports, we unite the entire energy value chain – from oil and gas exploration to renewable power – and facilitate global and intra-African investment and collaboration.

Subscribe to our newsletter

Sign up for latest news and event info

Copyright © 2021 Energy Capital & Power. Privacy Policy · Terms of Use